Ler ‘A Autobiografia”, de Woody Allen, é um prazer comparado ao de assistir a seus melhores filmes/Reading Woody Allen´s “Apropos of Nothing” is as pleasurable as watching his best films

Woody Allen é um dos diretores de cinema mais interessantes e um dos meus favoritos. Com diálogos e personagens bem-humorados, seus filmes retratam situações dramáticas com as quais nós rapidamente nos identificamos. Recentemente ele lançou a história de sua vida em livro, “A Autobiografia”, que poderia muito bem ser o enredo de um dos filmesContinuar lendo “Ler ‘A Autobiografia”, de Woody Allen, é um prazer comparado ao de assistir a seus melhores filmes/Reading Woody Allen´s “Apropos of Nothing” is as pleasurable as watching his best films”

O Filme “Rosa e Momo” nos lembra que Sophia Loren e Fernanda Montenegro unem a Itália ao Brasil/Movie “The Life Ahead” shows us that Sophia Loren and Fernanda Montenegro unite Italy to Brazil

Estreou na Netflix há pouco mais de um mês o mais recente filme estrelado por Sophia Loren, “Rosa e Momo”. Eu diria que Sophia Loren está para a Itália assim como Fernanda Montenegro está para o Brasil. E o filme “Rosa e Momo”, com Sophia Loren, lembra o enredo de “Central do Brasil”, com FernandaContinuar lendo “O Filme “Rosa e Momo” nos lembra que Sophia Loren e Fernanda Montenegro unem a Itália ao Brasil/Movie “The Life Ahead” shows us that Sophia Loren and Fernanda Montenegro unite Italy to Brazil”

“Festa de Formatura”: Um elenco estrelado em uma sucessão de clichês/”The Prom”: a starred cast in a sequence of clichés – 14 de janeiro de 2021

Ver um filme com Meryl Streep é ter a quase certeza de assistir a uma atriz indicada ao Oscar pelo filme visto. Ela teve nada menos do que 20 indicações em sua carreira. É inegável que se trata de uma das mais completas e versáteis atrizes americanas. No entanto, ficarei surpreso e desapontado se MerylContinuar lendo ““Festa de Formatura”: Um elenco estrelado em uma sucessão de clichês/”The Prom”: a starred cast in a sequence of clichés – 14 de janeiro de 2021”

Um filme que vacina contra o preconceito/A movie which is a vaccine against prejudice

O ano novo começa agora, e 2021 nos traz a pergunta: algo mudará? O recém-lançado filme na Netflix “A Voz Suprema do Blues” (no original “Ma Rainey´s Black Bottom”) sugere que há muito o que fazer, especialmente na questão do preconceito racial e na forma desigual como brancos e negros somos vistos. Foi o últimoContinuar lendo “Um filme que vacina contra o preconceito/A movie which is a vaccine against prejudice”

O filme argentino “O Segredo dos Seus Olhos” é um silêncio que merece ser ouvido/Argentine movie “The Secret in their Eyes” is a silence worth being heard

O filme argentino “O Segredo dos Seus Olhos” venceu o Oscar em 2009. Trata-se de um belo filme: uma história de amor, uma história de temor. Um amor não declarado, em uma Argentina nos anos 1970, vivendo um momento de ditadura, de silêncios, sem poder expressar-se por palavras. Os principais diálogos neste filme não acontecem,Continuar lendo “O filme argentino “O Segredo dos Seus Olhos” é um silêncio que merece ser ouvido/Argentine movie “The Secret in their Eyes” is a silence worth being heard”

O filme “Borat” é um deboche que provocará reações extremas no espectador/”Borat” is debauchery and provokes extreme reactions in the viewers

O filme “Borat 2” tem como tema a hipocrisia. Especificamente a hipocrisia na sociedade americana, que vende para o mundo e para si mesma que a felicidade está escondida atrás de uma casa com garagem de classe média em um bairro arborizado e não muito afastado de uma igreja cristã. De preferência, sob a peleContinuar lendo “O filme “Borat” é um deboche que provocará reações extremas no espectador/”Borat” is debauchery and provokes extreme reactions in the viewers”

Tarantino é o meu cineasta favorito/Tarantino is my favorite moviemaker

Quentin Tarantino é o meu diretor de cinema favorito. Seus filmes são um diálogo permanente com a cultura pop, com a cultura clássica e com o próprio cinema. Adoro assistir, mas, mais do assistir, eu gosto mesmo é de rever os seus filmes. Na última semana decidi fazer uma maratona tarantinesca. Assisti na sequência todosContinuar lendo “Tarantino é o meu cineasta favorito/Tarantino is my favorite moviemaker”

“Em Ritmo de Fuga” (“Baby Driver”) é um filme pra ser visto com os ouvidos

O filme “Em Ritmo de Fuga” (no original “Baby Driver”), que estreou há poucos dias na Netflix,  é um ballet com belas coreografias que casam uma gostosa trilha sonora (jazz, rock, blues, pop) com cenas de tensão e lirismo. Algumas são memoráveis, como o início do filme, com um belo plano-sequência, no qual o jovemContinuar lendo ““Em Ritmo de Fuga” (“Baby Driver”) é um filme pra ser visto com os ouvidos”

Filmes do Ano/Movies recently watched

Começo de ano é época de Oscar e de Globo de Ouro, ou seja, de pensarmos em cinema como pensamos em futebol – como uma competição, na qual os melhores são premiados. Confesso que ver filmes ou ler livros pensando em prêmios, para mim, tira muito do encanto que o cinema ou a literatura provocam.Continuar lendo “Filmes do Ano/Movies recently watched”