“O Beijo da Mulher Aranha” é um sonho no fundo de um pesadelo/”Kiss of the Spider Woman” is a dream inside a nightmare

Um beijo é uma forma de atrair os lábios de outro e tornar-se um único ser. No amor, nos beijamos. A aranha, por amor à vida, atrai a presa para deixá-la presa à teia, que é a tela de sua vida, a morte da vida que suga. À fome, nos prendemos. O diretor Hector Babenco,Continuar lendo ““O Beijo da Mulher Aranha” é um sonho no fundo de um pesadelo/”Kiss of the Spider Woman” is a dream inside a nightmare”

O filme “A Flor do Meu Segredo”, de Almodóvar, é para ser visto a sós e em segredo/The film “The Flower of My Secret”, by Almodóvar, is to be seen alone and in secret

Pedro Almodóvar é um dos meus diretores favoritos. Ele, assim como eu, é uma pessoa colorida, que veste seus personagens com cores alegres e quentes, mas que disfarçam uma cinzenta angústia. Os personagens de Almodóvar são um disfarce de vida, que carregam, secretamente, desejos ocultos. Depois de quase 30 anos de seu lançamento, apenas agoraContinuar lendo “O filme “A Flor do Meu Segredo”, de Almodóvar, é para ser visto a sós e em segredo/The film “The Flower of My Secret”, by Almodóvar, is to be seen alone and in secret”

O filme italiano “A Mão de Deus” é um poema sobre o futebol nosso de cada dia/Italian movie “The Hand of God” is a poem about our daily soccerly life

Eu adoro futebol. Adoro cinema. Adoro poesia. Se existe um jogo que é capaz de unir estas paixões que nutro eu diria, sem dúvida, que são os 90 minutos em que Maradona faz, na Copa de 1986 contra a Inglaterra que havia aniquilado os sul-americanos em uma guerra poucos anos antes, dois gols que aContinuar lendo “O filme italiano “A Mão de Deus” é um poema sobre o futebol nosso de cada dia/Italian movie “The Hand of God” is a poem about our daily soccerly life”

 O filme “7 Prisioneiros” é perturbador porque nos coloca como cúmplices de um esquema que se alimenta de escravos/The movie “7 Prisoners” is disturbing because it puts us as accomplices in a scheme that feeds on slaves

A escravidão não foi abolida no Brasil no dia 13 de maio de 1888, pois o Brasil ainda é um país onde a escravidão é parte de uma engrenagem invisível a qual eu, você e milhões de brasileiros alimentamos com atos inocentes como, por exemplo, comprar uma camiseta nova ou trocar uma roda quebrtada doContinuar lendo ” O filme “7 Prisioneiros” é perturbador porque nos coloca como cúmplices de um esquema que se alimenta de escravos/The movie “7 Prisoners” is disturbing because it puts us as accomplices in a scheme that feeds on slaves”

Um brinde ao filme dinamarquês “Druk – Mais uma Rodada”/A toast to the Danish movie “Another Round

Um professor em escola de ensino médio convive diariamente com a energia pulsante que os jovens alunos costumam exalar. Para um professor, ensinar é uma arte que consiste em provocar reflexões nos alunos a partir de conteúdos didáticos. A Segunda Guerra Mundial, o Teorema de Pitágoras, a Teoria da Relatividade, uma competição de futebol: tudoContinuar lendo “Um brinde ao filme dinamarquês “Druk – Mais uma Rodada”/A toast to the Danish movie “Another Round”

Quantos segredos se escondem sob a Montanha Brokeback/How many secrets are hidden beneath Brokeback Mountain?

Um segredo é algo que não deve ser revelado, é algo que deve permanecer velado, no escuro, sem a luz da vela. Um segredo é um sigilo, paralisado no gelo do silêncio, soterrado sob uma montanha de medos. O filme “O Segredo de Brokeback Mountain” é uma singela história de amor entre dois cowboys queContinuar lendo “Quantos segredos se escondem sob a Montanha Brokeback/How many secrets are hidden beneath Brokeback Mountain?”

“Minari” é uma sequência de clichês que não empolgam/”Minari” is a sequence of tedious clichés

“Minari” é um filme com muitas indicações ao Oscar este ano: Melhor Filme, Diretor,  Ator, Atriz Coadjuvante, Roteiro Original e Trilha Sonora Original. “Minari” é a história de uma família de imigrantes sul-coreanos tentando ganhar a vida nos EUA, no Arkansas nos anos 1980, vivendo em casas com poucos recursos e com pais que tentamContinuar lendo ““Minari” é uma sequência de clichês que não empolgam/”Minari” is a sequence of tedious clichés”

Filme “Relatos Selvagens” revela a vingança que escondemos dentro do cotidiano nosso de cada dia/Movie “Wild Tales” reveals the revenge that we hide inside our daily routine

Nós, humanos, vivemos no difícil equilíbrio entre a sanidade da civilização e a barbárie da insanidade. Basta apenas um empurrãozinho para que saiamos da serenidade e caiamos no total descontrole, capaz de acender um adormecido desejo de vingança.  Tal desejo pode estar dentro das mais cotidianas ações. É sobre o desejo de vingança que escondemosContinuar lendo “Filme “Relatos Selvagens” revela a vingança que escondemos dentro do cotidiano nosso de cada dia/Movie “Wild Tales” reveals the revenge that we hide inside our daily routine”

“Terra em Transe” não é um filme; é uma ideia/”Earth Entranced” is not a movie; it is an idea

Finalmente respirei fundo e assisti até o fim a um filme do Glauber Rocha. “Terra em Transe” não é um filme fácil. É denso, uma narrativa lenta para quem está acostumado com o cinema do século 21. Mas Martin Scorsese adorou. É em preto e branco. E se passa em um país fictício, Eldorado, masContinuar lendo ““Terra em Transe” não é um filme; é uma ideia/”Earth Entranced” is not a movie; it is an idea”

O filme “M8 – Quando a Morte Socorre a Vida” é o Brasil que se nega a aceitar a cor de sua pele/Movie “M8” is Brazil and the denial of its blackness

A cada 23 minutos, um jovem negro é assassinado no Brasil. Deveria doer ler esta estatística. Mas ela é disfarçada de silêncio. Esta dor está na Netflix, no recém-lançado filme de Jeferson De “M8 – Quando a Morte Socorre a Vida”. É sobre morte de negros que o Brasil silencia; é sobre o racismo contraContinuar lendo “O filme “M8 – Quando a Morte Socorre a Vida” é o Brasil que se nega a aceitar a cor de sua pele/Movie “M8” is Brazil and the denial of its blackness”