Estreia da minha coluna “Quebrada que Brada” na “Revista da Quebrada”/My New Column in Magazine “Revista da Quebrada”

Olá!  Acaba de sair a mais recente edição da “Revista da Quebrada”, uma publicação com foco na vida cultural da periferia. Nesta edição, estreio a minha coluna “Quebrada que Brada”, que pretende dar voz à literatura feita sobre a periferia. Se quiserem ler a minha coluna deste mês, na qual bato um papo com o poeta César Magalhães Borges, cliquem no link https://linktr.ee/revistadaquebrada e depois em “Revista da Quebrada 9 Edição”. Boa leitura!  

English – Hello! The latest issue of magazine ‘Revista da Quebrada” has just been released. The magazine is focused on the cultural life produced in the outskirts of Brazilian cities. This month I start my column “Quebrada que Brada”, whose goal is to approach literature written about the outskirts. If you wish to read my column in this month’s issue, just click on https://linktr.ee/revistadaquebrada and then on “Revista da Quebrada 9 Edição”. Enjoy!

Publicado por Anderson Borges Costa

Anderson Borges Costa, brasileiro, é autor dos romances “Rua Direita” (Chiado, 2013), “Avenida Paulista, 22″ (Giostri, 2019) e do livro de contos “O Livro que não Escrevi” (Giostri, 2016 – do qual, um dos contos foi traduzido para o inglês no Canadá), além das peças teatrais “Quarto Feito de Cinzas” (traduzida para o italiano para ser apresentada na Itália), “Elevador para o Paraíso” e “Três por Quarto”. Premiado no Prêmio Guarulhos de Literatura (categorias Livro do Ano e Escritor do Ano) e no Concurso Literário do Instituto Federal São Paulo. É coordenador do Departamento de Português da escola internacional Saint Nicholas, em São Paulo, onde também atua como professor de Português e de Literatura Brasileira. É professor de Inglês no curso Cel Lep. Formado e pós-graduado pela Universidade de São Paulo em Letras (Português, Inglês e Alemão), é crítico literário e resenhista de livros para várias revistas de arte e literatura, como a “Germina”, onde assina a coluna “Adrenalina nas Entrelinhas”. É paulistano e nasceu em 29 de janeiro de 1965. Participou do último filme da diretora Anna Muylaert, “Mãe só há uma”, fazendo uma figuração como o professor de literatura do protagonista.

6 comentários em “Estreia da minha coluna “Quebrada que Brada” na “Revista da Quebrada”/My New Column in Magazine “Revista da Quebrada”

  1. Parabéns, dear Andy!!!👏👏👏 Tô curtindo muito todas as suas publicações! Vc está indo cada vez mais longe!!!😍

    Enviado do meu iPhone

    Muito bom ser acompanhado por você, Clady!

    Curtir

Deixe uma resposta para cesarmagalhesborges Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: